Blog


 

A sustentabilidade começa no jardim de casa

 

Matéria publicada em   

  

FELIPE SIL 

 

Vegetação ao redor de troncos Crédito: divulgação PBD Comunicação

 

 

RIO - Pequenos jardins de vegetação nativa, com orquídeas envoltas em troncos de madeira e paredes verdes. A preocupação com o meio ambiente e a sustentabilidade começa a se mostrar presente em varandas e quintais de residências. No Rio de Janeiro e em São Paulo, paisagistas passam a trabalhar com projetos nos quais não só lidam com o aspecto estético, como ajudam a preservar o ecossistema local. É uma maneira de contrabalancear o desgaste da natureza com o intenso crescimento do mercado imobiliário dos últimos anos.

 

A arquiteta e paisagista Ana Iath, especialista em conservação da biodiversidade, tem projetos tanto em varandas de apartamentos como em parques públicos. O foco é sempre na preservação da vegetação nativa - espécies como orquídeas, bromélias e árvores frutíferas, dentre elas as pitangueiras, goiabeiras e araçazeiros. Boa parte do seu trabalho está na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

 

- A flora do bairro é extremamente bela e resistente às condições climáticas locais. O uso destas espécies nos projetos paisagísticos permite que os animais nativos tenham refúgio e alimento para sobreviver. É uma tentativa de garantir um reequilíbrio deste ecossistema - explica.

 

A arquiteta já plantou mais de mil mudas nativas na Barra e no Recreio. Vão desde orquídeas a árvores de grande porte. A cada novo projeto, Ana faz questão de orientar o público com os cuidados necessários para a manutenção destas espécies.

 

A designer Monica Cintra, por sua vez, criou uma maneira original de não apenas conservar a vegetação nativa, mas também reciclar madeiras. Orquídeas são plantadas em pedaços de troncos que, teoricamente, não serviriam para nada. Após a sobreposição, a instalação é fixada na parede. Após alguns meses, a vegetação começa a "abraçar" a madeira, criando um aspecto peculiar no ambiente.

 

- É algo fácil de fazer e que, com certeza, ajuda a preservar o ecossistema local - diz Monica.

 

Já a paisagista Maritza Orleans e Bragança diz que uma boa maneira de preservar o ambiente sem ocupar muito o espaço dentro do imóvel é investir em paredes verdes. Além do aspecto agradável, o morador ganha uma casa mais fresca.

 

- Muda totalmente a cara do ambiente. Na aparência e também no clima. É uma bela maneira de preservar a vegetação sem fazer com que ela ocupe muito o espaço dentro de casa - garante.

 

 

Postagens
Categorias
Arquivos
Tags
design banheiros curiosidades pets paisagismo imobiliario cozinha eletrodomesticos imovel fisico cozinhas seguranca meio escritorio jardinagem mercado iluminacao automacao condicionamento eletromesticos saude ambiente reforma arte imobiliaria conforto acabamento decoracao arquitetura imobliario sustentabilidade cultura condominio gastronomia urbanismo construcao

SOBRADO - ALTO DO IPIRANGA
4 Dorm
cód: 3340
R$ 460.000,00

CASA - JD. DAS BANDEIRAS
2 Dorm
cód: 3515
R$ 245.000,00

TÉRREA - VL. SÃO SEBASTIÃO
3 Dorm / 1 Suíte
cód: 3463
R$ 430.000,00


Imperius Imóveis

Avenida Santa Rita, 396
Socorro - Mogi das Cruzes - SP
Veja mapa de localização
Ícone Facebook Ícone Google Plus Ícone Twitter
Ícone telefone

Central de atendimento

Telefone: +55 11 3427-1302
Whatsapp: +55 11 94447-1302

Desenvolvimento

inotech